sexta-feira, 19 de abril de 2013

RECORDAÇÕES E ALGO MAIS



A tela

Seria apenas um espaço
branco
sem o sol sorrindo
entre nuvens claras
gaivotas

Não haveria um rio sinuoso
às suas margens
árvores, estrada
uma casinha simples
com chaminé
fumaça.

Apenas um espaço
branco
sem imaginação
nem nada que realce

Não fosse uma criança
seu mundo
um pincel sujo
e tinta guaxe. 

O verbo

Dentro de uma poça
de milhões e milhões
de gotas, poça
um vale... E nada.

Nada mais que conto
ou verso indefinido.
Definido verbo
que hora conto... Faça.

Então, uma poça
de milhões e milhões
de gotas, poça
um vale... E o infinito.

Sinestesia

O barulho era límpido
 sinestésico
e de notas desconexas
repetidas em assimetria.

Dessa maneira desfaleci
lentamente
preso ao som e cheiro
da maior naturalidade.

E por horas a fio
não parou de chover.

Roleta russa

Traga a última vela
[acesa]
meio dia.

Vem tempestade à noite
[fobia]
roleta russa.

Águas pra depois

Água escorrendo abaixo
em tempos de escassez?

É chuva que desce zangada
em casa
deixa essa água escorrer.

Vai água, passa, não para
limpa o bueiro, mané.

Depois se pensa na falta
d'água.

Pense no excesso que enche;
o saco e o rio e a rua
e o bairro e o carro
de água.
de barro.

Resistência

Não estou vivo
apenas respiro
alimento
adormeço
amanheço
e sustento a guia.

Como soldado que restou
pra guardar a carne
e hastear bandeira branca
[todo dia].





25 comentários:

Livinha disse...

Quanto tempo faz
já nem me lembro
que não venho aqui,
andei por aí
feito vento, desconexa,
cheia de nostalgia
E tanta coisa deixei viver
a cuidar da cegueira
embaçada de lamento...

Agora,
um pedaço de mil letras
mostrando sentido
sem bichos de cara preta
um lápis e caderneta,
colorido de brilhos.

Alguma coisa
de muito,
a preencher meu
vazio de nada
me fez feliz...

Sentia saudades Pablo
és um cargueiro transbordando
sensibilidade...

Abraços

Livinha

Verso Aberto disse...


sustentar o tempo
frágil vela
frágil tela
na tempestade

belos poemas

Ingrid disse...

amei todos..
sempre!
cada um uma reflexão..
beijo Pablo e um ótimo final de semana.

Lídia Borges disse...


Gosto deste respirar poesia!


Um beijo

Evanir disse...

Sabe aquele abraço bem gostoso??
Pois é esse que vim te deixar.
Aqui deixo meu imenso carinho
por você.
Que seja nossa amizade
a mais infinito que houver.
Um Dia lindo e abençoado.
Beijos no coração.
Carinhos na Alma.
Evanir..
Adorei conhecer seu blog e seguir.

Tania regina Contreiras disse...

Todos de embevecer a alma, mas a tela é qualquer-coisa-de-bela! :-)

Beijos, Pablo

Karine Tavares disse...

Teu blog é ótimo, parabéns!
Vem conhecer o meu: leiakarine.blogspot.com

Lola disse...


Muito bom, meu irmão.
Muito bom.

Eleonora Marino Duarte disse...

Pablo,

todos são resultado de seu talento com a palavra, poemas bem expressados e muito inspirados, mas elejo o "Verbo" como meu favorito da leva lírica de agora.


parabéns pela permanência no viver de palavras.

beijo.

Anônimo disse...

I like the valuable info you provide in your articles.
I will bookmark your blog and check again right here regularly.
I am quite sure I will learn many new stuff right
here! Best of luck for the following!

Also visit my web-site; bock of ra online

Samuel Balbinot disse...

a poesia é como a tela de um artista que vai ganhando vida a cada pincelada...... belos poemas.. eu sou doente por rimas e sonetos mas estou aprendendo a saborear os com versos soltos... estão ótimos.. lindo dia até sempre

Ricardo/águia_livre disse...

Bom dia ... bom fim de semana

Bonito blogue onde a harmonia das palavras se enlaça em frases perfeitas. Poemas lindíssimos. Gostei de ver e ler. Parabéns.

Gostava que visitassem e, querendo, se fizessem seguidos/as. Fica o meu agradecimento. Obrigado.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Deixo cumprimentos

lia disse...

Lindo teu blog, lindas as poesias. Caminhando por lugares conhecidos, nos encontramos...
Me visite www.lialendoavida.blogspot.com

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Meia dúzia de maravilhosas poesias.
Beijo, Pablo

Anna Amorim disse...

água recorrente poesia meia-dia, meia-noite, meia-vida, por um triz, chuva, ainda aqui, resistência.

Tuas palavras inspiram!

Abraços,

Anna Amorim

José María Souza Costa disse...

CONVITE
Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
Eu também tenho um, só que muito simples.
Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
Força, Paz, Amizade e Alegria
Para você, um abraço do Brasil.
www.josemariacosta.com

Evanir disse...

Ninguém nunca esta sozinho e nossa
luta nunca será em vão.
Eu sei , que no mundo teremos grandes aflições
com fé e muita garra vou seguindo com grande luta
minha viagem.
Uma primavera perfumada e feliz.
Deus abençoe seu Domingo
e da sua família.
Beijos no coração , Evanir

Enigmático Byjotan disse...

É tempo de gostar do belo e seu poema é belo demais, nos lava a refletir a cada palavra.Beijo do amigo e seguidor.:-BYJOTAN.

Gabi P. Deutner disse...

Oooooi! tudo bem?

Amei o blog! estou seguindo ^^

Adorei a postagem!

E uma frase de presente pra vc:

''Não é bom dar o meu coração e minha alma
Porque você já tem isso.
Então, eu te trouxe um espelho.
Olhe para si mesmo e lembre-se de mim.''

Rumi

Grande beijo! se cuida ;*

www.gabs-13.blogspot.com

Maria da Fonte disse...

Adorei passar por aqui. Prometo voltar.
Um abraço

Karine Tavares disse...

Oi!Gostaria de convidá-lo a conhecer meu novo endereço:

www.feitaparailetrados.blogspot.com

Ainda estou arrumando a casa, mas já pode se abrigar por lá!
Obrigada pelo carinho enquanto estivemos juntos no leiakarine.blogspot.com
Tô te esperando...

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Muito bom de se ler tudo que há aqui. Parabéns

Marco Rocca disse...

Excelentes poemas, gostei muito do segundo... Aplausos!!!

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Belos Versos, Parabéns Poeta! Abraços

Parapeito disse...

Gostei, gostei bastante desta paleta de cores feita poesia...
brisas doces **